quarta-feira, 18 de junho de 2014

Idas e vindas BDSM


Em todas as conversas, todas as relações que acompanho, o que mais vejo são os altos e baixos.
Numa relação BDSM esses altos e baixos são bem mais intensos que em qualquer outra relação e principalmente para o lado das submissas. 
Para os que não conhecem tão a fundo, quando se entra nesse espaço, se abre mão da sua autonomia, dos seus gostos e seus costumes e se torna o que seu Dono quer que seja. Tudo é Dele e para Ele. E a forma como Ele quer pode não ser o que você acredita ou acha correto. Mas este é o seu compromisso.
Não tenho conhecimento para analisar ou dissertar sobre os porquês disso tudo, mas posso dizer como funciona a cabeça dessas mulheres, ou pelo menos de uma ou duas que conheço.
Os conceitos implantados pela sociedade e pela nossa cultura entram em conflito direto com todas as praticas que adotamos nesse submundo. Então o que acontece é essa eterna dissonância cognitiva ( que é um termo que eu adotaria facilmente como meu segundo nome ) que é justamente este conflito entre duas ideias, dois lados, duas crenças.
Tenho meus dias de é disso que eu gosto, é isso que eu quero, independente de tudo e incondicionalmente. E logo vem os dias de O que eu gosto é errado, o que Ele faz é errado, não posso querer isso pra mim, não posso gostar de algo assim ou viver isso desta forma.
O problema é que nós criamos esta vida, nós elaboramos, enfeitamos, moldamos, e colocamos tudo em ação. E se eu fiz eu posso desfazer a hora que eu quiser! Eu que inventei isso, eu desinvento e pronto. Saio correndo, desfaço meu profile, deleto meu blog.
E depois? E o vazio? E aquele personagem que é mais verdadeiro que você? E os sentimentos que são mais intensos do que sua vidinha fora desse submundo? E o nome que você escolheu ao contrario do nome que escolheram pra você?
Ok. Eu desfiz eu refaço! Eu volto, eu revivo, eu me entrego novamente. Eu corro pra essa personagem que é o meu verdadeiro Eu. Que é mais forte, mais verdadeira, mais intensa, mais oblíqua, mais voluptuosa e mais mulher.
E é assim, para as que chegaram agora – Bem vindas a submissão de idas e vindas.

Dedicado as minhas amigas dos altos e baixos Jade e Princess Kitty – Somos assim porque somos mais do que todas. Beijos suados pra vocês !!!

4 comentários:

  1. Oi katy amada!

    Que texto coerente, é perfeito com o que vivenciamos. É exatamente assim que me sinto, essa "personagem" é meu eu verdadeiro, é como disse no meu miaublog não importa quantas vezes eu me quebre, ou quantas vezes eu caia, o que importa é que sim, eu ainda estou aqui, eu ainda quero isso, é minha escolha. Obrigada pelo carinho e dedicatória, esse texto é para todas nós, mulheres fortes do BDSM!

    Miaubeijos com muito carinho =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Kitty!!
      Nossas conversas dessa semana e todas as outras me ajudam muito. Sua experiência e seus altos e baixos me ajudam a entender os meus rsrs Beijos!!!

      Excluir
  2. Katy obrigada minha Flor.
    lindo texto falando td o que somos. Não é à toa que o titulo do meu blog é Idas e Vindas - Bem vindas à Submissão...justamente pq vivemos uma montanha russa, e não por sermos instaveis, mas sim pea veracidade e intensidade de nossos sentimentos.
    e muitas vezes o que nos conforta não é o Dom/Dono e sim o apoio em amigas submissas (raras) qdo encontramos.
    Muitas vezes me snti culpada ou errada por ter estes altos e baixos, encontrei vc e eoutras meninas percebi que temos as mesmas angustias, dúvidas, percepções.
    como é aquela frase? se não der piti nãoé sub? rsrsrsrrs
    bjus tambpem suados (adorei)rsrsrrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Totalmente baseado no seu blog esse texto amiga!!!

      Excluir